Encontro Brasileiro de Administração Pública



O Encontro Brasileiro de Administração Pública (EBAP) é o evento anual promovido pela SBAP que tem como objetivo reunir acadêmicos e profissionais dedicados a Administração Pública, incentivando o debate livre e plural de ideias, a divulgação científica de qualidade e a coordenação estratégica das ações necessárias à consolidação da área de  Administração Pública, com ênfase na pós-graduação.

VI EBAP: A Administração Pública que o Brasil precisa


Com o tema “A Administração Pública que o Brasil precisa”, a SBAP convida os pesquisadores, práticos e interessados a participarem do VI Encontro Brasileiro de Administração Pública nos dias 6 e 7 de junho de 2019 em Salvador na Bahia – Brasil.

A organização dessa edição está sob responsabilidade da Diretoria de Eventos da SBAP na Escola de Administração da Univeersidade Federal da Bahia – UFBA.

Clique aqui para fazer sua inscrição.

V EBAP: Governança, Accountability e Participação Social


Nos dias 13 e 14 de junho de 2016 foi realizado em Viçosa/MG, no campus da Universidade Federal de Viçosa (UFV), o V Encontro Brasileiro de Administração Pública (EBAP). Foi à primeira edição de um EBAP que obteve o apoio de uma agência de pesquisa estadual (FAPEMIG), bem como o primeiro evento da SBAP que propiciou um fast track em periódicos (nas revistas APGS/UFV, CGPC/FGV-SP e EAS/UFF) para os melhores trabalhos de cada GT e reconheceu com um prêmio os melhores avaliadores.

A conferência de abertura foi realizada pelo pesquisador Álvaro Ramírez-Alujas, fundador do GIGAPP, que abordou o tema Governo Aberto e Modernização da Gestão Pública. Em adição, este EBAP, ineditamente, teve em sua programação científica uma sessão com representantes de organizações públicas – com o IMAP, a Marinha e o TCE-RS. O evento reuniu cerca de 225 participantes, e todos os inscritos receberam a carteira de associado da SBAP para a anuidade entre 2018/2-2019/1.

IV EBAP: A Construção da Administração Pública no Século XXI


Nos dias 24 e 25 de maio de 2016 foi realizado em João Pessoa/PB, no campus da UNIPÊ, o IV Encontro Brasileiro de Administração Pública (EBAP), organizado pela Diretoria de Eventos da SBAP em parceria com a UFPB, o UNIPÊ, a UFCG, a UEPB e o IFPB. Foi a primeira edição do EBAP que obteve apoio financeiro da CAPES, bem como o primeiro evento da SBAP que teve submissões/apresentações de trabalhos, distribuídos por cinco GTs. O evento recebeu em torno de 250 artigos e aprovou 79 papers para apresentação no congresso e publicação nos anais.

A conferência de abertura foi realizada por Gregório Montero Montero, secretário do Centro Latino-Americano de Administração para o Desenvolvimento (CLAD), que abordou a Construção da Administração Pública no Século XXI. Ineditamente, em sua programação científica exposições da coordenadora de área da CAPES, da coordenadora da Divisão Acadêmica de Administração Pública da ANPAD e do diretor de pesquisa e comunicações da ENAP. O evento reuniu cerca de 300 participantes e todos os inscritos receberam a carteira de associado da SBAP para o período 2017-2018.

III EBAP: Caminhos e Desafios


Nos dias 11 e 12 de maio de 2016 foi realizado em Florianópolis/SC, na Escola Superior de Administração e Gerência da Universidade Estadual de Santa Catarina (ESAG/UDESC), o IIII Encontro Brasileiro de Administração Pública. A proposta do evento foi de discutir os avanços para a institucionalização da Administração/Gestão Pública no Brasil, tanto como campo de ensino e pesquisa, como área de prática profissional, aproximando acadêmicos e practitioners na busca de caminhos para os desafios contemporâneos da gestão de políticas públicas no país.

O III EBAP, igualmente, buscou o início de internacionalização da SBAP, com a presença de dois renomados docentes internacionais na programação científica. A conferência de abertura foi realizada pelo Prof. Frank Fischer, do board da IPPA e pesquisador da Rutgers University, e uma das mesas temáticas contou também com a exposição do Prof. Charles David Crumpton (University of Maryland). Em adição, este EBAP, pioneiramente, promoveu uma mesa redonda da Diretoria da SBAP com a Diretoria da Associação Nacional de Ensino e Pesquisa do Campo de Públicas (ANEPCP). O evento reuniu cerca de 100 participantes, incluindo professores, estudantes de pós-graduação e gestores públicos de 10 estados brasileiros.

Durante a realização do evento foi realizada a eleição da terceira diretoria da SBAP.

II EBAP: Interlocuções entre Academia e o Governo do Brasil: Entre o Saber e o Fazer


Nos dias 11 e 12 de junho de 2015 foi realizado em Natal/RN, no CCSA da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), o II Encontro Brasileiro de Administração Pública (EBAP). A temática do evento discutiu as interlocuções entre a academia de Administração/Gestão Pública e o governo brasileiro. A programação científica contou com os diretores da SBAP, alguns professores/pesquisadores da comunidade acadêmica e representantes do setor público da ENAP, ESAF, CONSAD, ANESP e Ministério da Integração Nacional.

I EBAP: A Organização da Área de Administração Pública no Brasil


Nos dias 8 e 9 de agosto de 2013 foi realizado em Natal/RN, na Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), o I Encontro Brasileiro de Administração Pública (EBAP). As discussões abordaram a Administração Pública como campo disciplinar, com identidade própria, e sua relevância para a formação acadêmica e exercício profissional na gestão pública brasileira, nos contextos dos sistemas e organizações governamentais, assim como nas suas relações com a sociedade.

Tratou-se de um evento de pequeno porte, de iniciativa do Centro de Ciências Sociais Aplicadas (CCSA) e do Programa de Pós-graduação em Gestão Pública (PPGP) da UFRN, reunindo alguns ex-coordenadores e líderes de tema da Divisão Acadêmica de Administração Pública da ANPAD, alguns coordenadores e docentes de cursos de mestrados em Adm./Gestão Pública, alguns scholars convidados pelo PPGP e representantes de alguns órgãos públicos como a CGU.

Em linhas gerais, a intenção do I EBAP foi de aproximar alguns professores/pesquisadores da área de Administração Pública (AP) do Brasil para promover um profícuo debate sobre os rumos do ensino e da pesquisa da AP no país, refletindo sobre: a especificidade da produção acadêmica, a avaliação institucional da pós-graduação, os meios de divulgação/publicação científica e a interlocução da academia com o setor público nacional.

Excelência

Transparência

Integridade

Cooperação